quarta-feira, novembro 05, 2008

Scream Awards 2008!

Ok, esse vai ser mais um artigo rápido a título de informação para vocês.

Na sexta-feira, 31 de outubro, Halloween, a TNT (canal de TV por assinatura que prioriza principalmente filmes em sua programação) não passou nenhum filme de George Romero, não passou algum filme da série Saw e nem mesmo algum da trilogia Pânico que fosse. Quem ligou a TV próximo à meia-noite viu o Scream Awards 2008, premiação dos filmes, seriados e HQs para os gêneros de terror, fantasia e ficção científica, ou seja, praticamente tudo que envolve o universo nerd. Pontos para a SpikeTV, com a segunda edição deste criativo prêmio.

Antes que se torne uma notícia ultrapassada, tendo em vista o objetivo do blog, trazemos ela aqui para você com comentários do Lee sobre as premiações que envolvem filmes e do Eduardo para as que envolvem HQs e Séries. Hm, primeiro artigo conjunto; preferiria que fosse com a Barby, mas não deu né?


- The Ultimate Scream
Batman: O Cavaleiro das Trevas

Começamos com o grande vencedor desta edição, o filme mais aguardado do ano que conseguiu a dificílima proeza de, se não superá-las, atender às expectativas depositadas sobre ele. Não digo que foi uma obra-prima e ainda para mim não foi o grande filme do ano, mas foi um blockbuster que faturou centenas de milhões de dólares, talvez alguns em função da propaganda inesperada gerada pela morte do Heath Ledger, e foram realmente 2 horas que achei bem investidas no cinema (4 horas na verdade, já que vi duas vezes). Os principais concorrentes a essa premiação não devem ter feito muita frente, Cloverfield surpreendeu mas exagerou no suspense e Homem de Ferro empolgou mas acabou ofuscado pelo morcegão.

- Melhor Filme de Fantasia
Hellboy II: O Exército Dourado

Antes que vocês me fuzilem vivo eu vou confessar: Ainda não tive a oportunidade de ver Hellboy 2.

*se abaixa com os braços sobre a cabeça*

Hm? Ainda estou vivo? Ótimo. Quanto à premiação, achei justíssima, não sei vocês, mas quando me falam em filme de fantasia eu imagino criaturas fantásticas, terras inóspitas e coisas do tipo. Batman não tem isso, nem mesmo Hancock. Beowulf tem, Crônicas de Nárnia tem, Harry Potter tem, Senhor dos Anéis, etc.

- Melhor Filme de Terror
Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet

Antes de tudo quero transparecer nesse espaço a humilhação de ver que no meu gênero predileto só havia visto dois dos seis filmes indicados.

(...)

Sinto-me melhor. Quanto ao vencedor, pode parecer estranho que um musical tenha sido consagrado como o melhor filme de terror de 2008, e realmente é se você reparar que o filme é muito mais um drama encabeçado pela genial dupla Tim Burton-Jonhy Deep. Sim, eu sei que estou sendo ranzinza mas não foi um filme de terror, venham à origem da palavra, terror é aquilo que aterroriza, que causa horror, medo. Não é o caso, algumas cenas gore e um cenário sombrio não fazem isso. Não estou dizendo que o filme não foi bom, pelo contrário, foi genial! Um musical dramático excepcional com uma atuação impecável, mais uma vez, de Depp interpretando um barbeiro vingativo que quer cortar a cabeça do carinha que lhe passou uns cornos, mas bah, isso não é terror. Minha tia e um furúnculo conseguem ser mais aterrorizantes. Notória a não presença de Jogo Mortais 5 entre os indicados. Mas demos os devidos créditos, os concorrentes não foram essas coisas:

"O Nevoeiro" foi mais uma adaptação de Stephen King que não empolgou, 1408 merecia esse lugar; "Os Estranhos" ainda não estreou no Brasil mas não parece ultrapassar o linear do médio; "O Orfanato" é mais um filme da boa escola de suspense espanhol mas que ainda não chegou ao ápice; "The Ruins" parece utilizar a fórmula do terror psicológico sobrenatural asiático, preferia um deles indicado, a boa adaptação de Espíritos e Espelhos do Medo seriam candidatos decentes; e "30 Days of Night" apela para o medo do escuro, não sei, não creio que muitas pessoas ainda tenham medo disso, e como prefiro bastante zumbis a vampiros prefiro esperar o mais novo filme de Romero que promete aparecer nas telonas em 2009.

- Melhor Filme de Ficção Científica
Homem de Ferro

"Ficção Científica" é um termo complicado. Confesso que sou entusiasta do gênero mas nunca parei para ler uma bibliografia específica ou discutir o assunto em algum grupo destinado a tal propósito. Levando o termo ao pé da letra seria qualquer história fantasiosa que utilize elementos científicos, o que é impreciso.

Nesse âmbito respeito a posição de Renato da Silva Oliveira, quando utiliza o desenvolvimento científico da obra para que ela possa ser, digamos "classificada", algo errôneo, mas necessário, como ficção científica. Mas a definição de Isaac Asimov me parece mais atraente: "A ficção científica é o ramo da literatura que trata da resposta humana à mudança ao nível da ciência e a tecnologia". Ou seja, segundo Asimov a Ficção viria para responder questionamentos do homem quanto ao que ocorreria se um evento científico alterasse nossa realidade.

Okay, após esse prelúdio conceitual vamos aos filmes.

Admito que classificar filmes em categorias para que disputem deve ser uma tarefa inglória, mas não consigo me convencer que Homem de Ferro é propriamente uma obra de ficção científica, já existe a categoria de adaptações de quadrinhos e Homem de Ferro está lá. O filme foi excelente e contou com a excelente participação de Robert Downey Jr. que parece ter sido feito para o papel de Tony Stark. Mas não fiquei satisfeito com a premiação, explico o por quê.

Analisando os concorrentes vemos alguns que mereceriam mais esse título. "Eu sou a Lenda" compensou o ritmo monótono com cenas frenéticas, e foi uma boa adaptação da obra de Richard Matheson, que utiliza muito bem a definição de Asimov, sendo uma obra que mostra o que poderia ocorrer à humanidade caso a (plausível, diga-se de passagem) epidemia causada por uma tentativa de criação de vacina ocorresse - claro que as características vampirescas foram um pouco exageradas, mas é a magia da obra; destaque para a atuação de Will Smith (claro que ele está sozinho na maior parte do filme, mas se saiu bem).

E "WALL-E" foi para mim o grande injustiçado do Scream Awards, um filme fantástico, doce e reflexível; uma verdadeira obra-prima da Pixar e que, para mim, marca um novo ponto na história da Ficção Científica conseguiu apenas uma indicação. A obra que conta a história do último robô sobrevivente da frota enviada para "limpar" a terra devastada pela poluição. Esse filme toca inúmeros pontos amplamente discutidos atualmente e possíveis conseqüências de nossos atos, atingindo também a definição de Asimov sobre Sci-Fi; a história aborda o controle da tecnologia sobre os humanos presentes em "2001, uma odisséia no espaço", a poluição, extinção, possíveis mudanças estruturais do corpo humano que geraram discussões físicas, a secularização dos sentimentos, questões envolvendo a futilidade humana e a tendência a seguir "modinhas". É um verdadeiro banquete para os fãs da Ficção Científica (alguns artigos aqui, aqui e aqui) que talvez continue sendo discriminada pela infantilização atribuída às animações.

- Melhor Seriado
Dexter

Nunca assisti esse... Seriado sobre um serial killer que passa a ajudar a polícia. Pelos comentários que vejo pela internet, parece ser muito boa, e assim que possível eu pretendo alugar a 1ª temporada(e aí faço um comentário decente sobre a série).

- Melhor Super-Herói
Christian Bale como Batman, Batman: O Cavaleiro das Trevas

Mais uma premiação que julgo injusta, até porque o Christian Bale não teve que fazer muito mais do que andar com modelos gostosas e rosnar durante a maior parte do filme. A atuação de Robert Downey Jr. merecia ser reconhecida.

- Melhor Ator de Filme ou Seriado de Fantasia
Heath Ledger, Batman: O Cavaleiro das Trevas

Justíssima, e até mesmo esperada. Apesar da boa atuação de James McAvoy em "O Procurado".

- Melhor Ator de Filme ou Seriado de Terror
Johnny Depp, Sweeney Todd

Bem, já falei o que acho de Sweeney Todd figurar entre uma classificação de terror, não é? É uma pena que ele não se encaixe em mais nenhuma categoria e seria uma pena deixá-lo de fora... Então parabéns para o Depp, que merece todas essas premiações, o cara é mesmo um gênio. Mas pelo visto quem escolheu esses candidatos não gosta mesmo do terror asiático: Kiefer Sutherland nem figura entre os candidatos.

- Performace Revelação
Wall-E, Wall-E

Não poderia ser por menos, quem não se encantou com o robozinho simplesmente não tem coração. Destaque para as indicações, que contam com os três protagonistas de Cloverfield. Um filme que me chamou muito a atenção mas que não caiu nas graças do público por causa do seu método inovador de "filmagem". De qualquer forma foi um elenco desconhecido que apareceu nas telonas de todo mundo, e aí está, justa homenagem.

- Melhor Atriz de Filme ou Seriado de Terror
Liv Tyler, Os Estranhos

Novamente os Estranhos! Como bom cinéfilo não gosto de baixar filmes antes de sua estréia nacional, por esse motivo não vi esse ainda, mas com todas essas indicações assim que possível verei. Foi um filme elogiado por Stephen King, mas ele gosta de rasgar seda, então verei ele com um pé atrás.

- Melhor Vilão
Heath Ledger como Coringa, Batman: O Cavaleiro das Trevas

Mais uma homenagem a Heath. Sim, queria deixar bem claro, estou falando que essas premiações são "homenagens" a ele mas não pensem que são homenagens póstumas! Mesmo se ele estivesse vivo neste momento mereceria cada um dos prêmios que estão sendo dedicados a ele. Claro que se fez um barulho enorme sobre sua atuação por ele ter morrido antes da estréia do filme, mas ele foi muito bem mesmo, talvez não tanto quanto o que falaram, mas excepcional.

- Melhor Atriz de Filme ou Seriado de Fantasia
Angelina Jolie, O Procurado

Magnífica, uma atuação bem leve de Jolie nesse frenético filme de ação... Tá, um pouco de fantasia também. Uma cena fica bem clara na minha memória: James McAvoy chega atordoado à base da Irmandade e aponta uma arma para ela, tentando intimidá-la, e ela apenas solta um sorriso e uma cara de "Hahaha, meu Deus, o que ele vai fazer com isso?" que foi completamente sensacional!

- Melhor Atuação Coadjuvante
Gary Oldman, Batman: O Cavaleiro das Trevas

Tá aí! Essa foi uma premiação que achei bastante digna! Uma atuação sóbria, constante e muito bem feita do Comissário Gordon. Parabéns a quem deu esse prêmio. Destaque para a indicação de Shia LaBeouf, que está amadurecendo rápido, ainda ouviremos muito falar dele. Mas o chapéu do Indiana ainda não é dele.

- Melhor Roteiro
Batman: O Cavaleiro das Trevas, Christopher Nolan e Jonathan Nolan

Mais um para a conta do Bátima e os milhões investidos nele. Drew Goddard fez um belo trabalho em Cloverfield e a equipe de Wall-E também mereciam essa premiação.

- Melhor Adaptação das Telas para os Quadrinhos
Buffy, the Vampire Slayer

Outro com o que não estou familiarizado, nunca assisti a série e nem li a HQ, mas também é muito elogiado, e se não me engano essa HQ ganhou um Eisner (uma espécie de "Oscar" dos quadrinhos), sem contar que Joss Wheedon é um roteirista excelente.

- Melhor Diretor
Christopher Nolan, Batman: O Cavaleiro das Trevas

Christopher Nolan com Burton e Del Toro disputando? Sei não hein...

- Melhor Refilmagem
Halloween

Mais um filme que não vi. Desculpem. x_x'

Mas a julgar pelo gênero, e pela lapa do diretor, bem, deve ter saído um terror fodaço! E não estou sendo irônico!

- Melhor Ator em Filme ou Seriado de Ficção
Robert Downey Jr., Homem de Ferro

Injustiças são como bolas de neve, quando você comete uma acaba fazendo outra para consertar e vira uma cagada só. Downey Jr. merecia ter ganho o prêmio de melhor herói, mas fizeram uma força tão grande para colocar Batman ganhando a maioria das premiações que disputou que deixaram ele com o de Melhor Ator de Ficção... Mas esqueceram de ninguém menos do que HARRISON FORD atuando magicamente aos 60 e tantos anos como o bom e velho Indiana! Ah, faça-me o favor. Até o robozinho Wall-E é um ator melhor de ficção.

- Melhor Atriz em Filme ou Série de Ficção
Milla Jovovich, Resident Evil 3: A Extinção

Tenho a forte impressão que Milla se destaca nessa categoria por ser uma das poucas protagonistas femininas de blockbuster de ficção. Ficção e ponto, sim! Nada de Científica! Não tenho muito mais a falar, as concorrentes, são em maioria de seriados. Bem, caiu no seu colo esse, Milla!

- Melhor Efeitos Especiais
Batman: O Cavaleiro das Trevas

Batman foi um filme intenso, muito inteligente, com uma fotografia boa, uma excelente maquiagem e algumas boas explosões. Mas Efeitos Especiais? Cloverfield está aí, Beowulf e seu sistema de captação de movimentos... Hellboy! Repito, HELLBOY! Ah, pára. Se eu chutasse o saco do morcegão o diretor dessa premiação perderia os dentes.

(...)

E eu provavelmente viraria suco depois.

- Melhor HQ
Y: O Último Homem

Finalmente algo que eu conheço. Nessa HQ, todos os seres da terra que possuíam um cromossomo Y morreram misteriosamente (e no fim da HQ isso continua mal-explicado, mas tudo bem), exceto o protagonista Yorick e seu macaco, que trabalham em conjunto com uma cientista e com uma agente do governo para descobrir o que matou os homens, e como fazer com que eles possam voltar a viver na Terra. Atualmente, está sendo publicada no Brasil na Pixel Magazine (Não é recomendável pra menores de 18 anos, tem muitas cenas de violência e de sexo).

- Melhor Filme de Quadrinhos
Batman: O Cavaleiro das Trevas

Querem saber? Essa foi merecida. O Cavaleiro das Trevas foi um filme excepcional, se não tivesse tido tanta divulgação até mesmo desproposital por causa da morte do Ledger e algumas premiações forçadas para o filme ele poderia sair dessa premiação ainda sendo o grande destaque mas sem essa rasgação de seda que fizeram.

- Melhor Desenhista de Quadrinhos
Gabriel Bá, Umbrella Academy

Esse foi um prêmio merecido... Não só por ter sido o único brasileiro indicado ao Scream Awards desse ano (não sei se algum já foi indicado antes), mas também por ser um ótimo desenhista. Muitos tem preconceito contra The Umbrella Academy porque seu escritor é emo (Gerard Way, vocalista da banda My Chemical Romance), mas é uma série altamente recomendada, que já ganhou vários prêmios inclusive o Eisner de melhor série em quadrinhos de 2008. Ainda não foi publicada no Brasil, deve sair no início de 2009.

- Melhor Roteirista de Quadrinhos
Grant Morrison, Batman, Final Crisis

Indiscutivelmente merecedor desse prêmio, Grant Morrison é certamente o melhor autor de quadrinhos da atualidade, e também um dos mais importantes, já que sua obra Crise Final é a responsável pela reformulação da DC Comics. Também é importante por causa do atual evento "Batman R.I.P.", que passa pelas revistas do Batman e de seus aliados, e promete mudar o Batman como conhecemos pra sempre (e não, ele não vai morrer). Outro trabalho que não pode deixar de ser mencionado é All-Star Superman, que é uma verdadeira obra-prima da nona arte, e eu espero não estar exagerando quando digo que é provavelmente a melhor HQ desde Watchmen. No Brasil, você pode ler as histórias do Morrison na revista do Batman e na mini-série All-Star Superman, ambas publicadas pela Panini.

- Cena mais FODA do Ano!
Pirueta com o caminhão, Batman: O Cavaleiro das Trevas

Confesso! Essa cena foi um belo owned do Batman no Coringa, e foi muito bem trabalhada, daquelas que faz você soltar um "PUTAQUEPARIU" imenso. E até que foi simples, não foi a explosão de uma galáxia, não foi a aparição de um lagarto gigante derrubando a estátua da liberdade. Não. Foi apenas um caminhão capotando. Mas o conjunto da cena, e o que ela representou no filme e na relação entre Batman e Coringa foi algo que merece o título da premiação: FODA!

- Mutilação mais Memorável
Mordido por uma vagina dentada, em Teeth

Os concorrentes são fortes, a autópsia do Jigsaw foi de embrulhar o estômago e eu não acho que vou esquecer por um tempo; o truque do lápis do Coringa também foi uma cena lindíssima, mais pelo humor, apesar de parecer contraditório. Mas cara, que coisa é essa? Mordida de uma vagina dentada? Não vi isso mas deve ser terrível, ainda bem que Ojuara conseguiu enganar a bruxa.

- Melhor Frase
“Acredito que o que não te mata te deixa mais… estranho”, Coringa, em Batman: O Cavaleiro das Trevas

Ah, cara. Ótima, excelente. Mas "Why so serious?" foi o carro de frente da divulgação do filme. Foi A frase do filme... Não entendi essa.

PS de muito mal gosto: Acho que o Heath Ledger não era muito estranho, não?

Ufa! Pensei que seria um artigo rápido! Quem quiser ver a lista completa dos indicados, confira aqui.


That's All, Folks!

7 comentários:

Eduardo disse...

Os comentários de HQs foram feitos por mim, não leve o crédito sozinho.
xD

Bárbara disse...

"- Mutilação mais Memorável
Mordido por uma vagina dentada, em Teeth
"


AUHIAHIUHAIUHIAUHIUAHIHAIUHAIUHIAHIUAUIAIAUHIU

Putz! Essa cena eu quero ver!


Apesar de não ter visto Homem de Ferro também acho que ele não deveria estar em ficção científica. Ele é um quadrinho, né? Não um filme feito pra ser uma ficção científica, como Wall-E e Eu Sou a Lenda.

E, apesar de você, Lee, ter dado os créditos ao Edu no começo, ficou parecendo que quem fez tudo foi você. XD

Lee, D. disse...

Mas eu te dei os créditos, seu padaga! Leia o primeiro paragráfo! o_ó

E o que queria que fizesse para parecer que foram os dois? Ah, fiz a maioria mesmo assim. u.u

Eduardo disse...

É, eu nem tinha reparado
xD

Thyago disse...

pera pera pera
vc disse q cloverfield tem roteiro?
tá, minha avaliação com cloverfield bate bem com a do review deste cara (vídeo de apenas 4 minutos)
http://www.youtube.com/watch?v=_6qA8atObiw

Bárbara disse...

Sei lá. Algo como... 'E agora, os comentários do ilustríssimo Eduardo, vulgo, Edu!' XD

Ryan disse...

eu queria ter visto T_T

e, rasgação de seda com batman...

mas o coringa mereceu

:D