domingo, maio 24, 2009

Ditadura do Pensamento

clip_image002

Programas de auditório sem conteúdo definido com muitas mulheres se matando aos gritos para pegarem aviões de dinheiro... Programas dominicais com bandas “do povão”, concurso de dança com famosos... Uma “revista eletrônica” com supostas telas touch sreen, que por vezes falham na sincronização, apresentadores jovens, bonitos, com a única “missão” de manter o público informado e distraído. Entrevistas interessantes e debates? Ah, isso fica para a madrugada, domingo é dia do futebol, dia dos homens ficarem em frente à TV e as mulheres lavarem roupa. Uma ótima reunião de família. E... Onde eu quero chegar com tudo isso?

A todo o momento, em todas as nossas ações, somos movidos por nossas “certezas”, ou seja, pensamentos que nos fizeram acreditar serem nossos. São formados assim preconceitos, ilusões, uma falsa sabedoria que gera uma preguiça de buscar a verdade. (- Calma, Bárbara, explica isso direito.)

Ok, vou tentar.

Primeiro, somos manipulados por um “poder maior”, aquele que tudo vê, o Grande Irmão. (- Somos?) Sim. Desde aquelas épocas bem antigas e chatas - é, não para mim- que estudamos em História, sabemos que existe a elite e a massa. A elite ordena, a massa cumpre, a elite fala algo, a massa acredita, a elite mata, a massa morre. O Estado, ou quem nos comanda, o nosso governo, a imprensa, não quer que pensemos, não quer que tenhamos consciência da nossa real condição, pois, quanto mais alienados ao que acontece a nossa volta, quanto menos indignados com essa realidade, melhor para eles, pois podem nos manipular para votar e roubar, ou para comprar um jornal, que é financiado por uma marca de bebidas e que acaba nos induzindo a consumi-la.

Vou citar um exemplo que nos mostra como somos enganados. A Petrobras, a empresa brasileira que atualmente tem maior destaque mundial. Você sabia que ela não é totalmente brasileira, que uma parte considerável de suas ações está na mão de americanos? Hm... Pois é, estão. Mas isso não nos interessa no momento. O fato é que estamos em plena era da sustentabilidade, na qual a ordem é poluir menos, jogar menos produtos quem contêm carbono no ambiente, e o que a Petrobras produz mesmo? Ah é, ela refina petróleo e contribui para a produção de seus milhares de derivados, que, por sua vez, poluem o meio ambiente! E o que vemos na televisão? Um comercial lindo, com pessoas sorrindo, imagens bonitas... Dessa forma “inocente” passamos a acreditar que a empresa fazendo alguns trabalhos sociais, é um exemplo de ajuda ao próximo e preservação. Agora... Pense bem. Ela é mesmo?

Outra forma de manipulação são os preços e as inutilidades tecnológicas. Todos os dias chegam ao mercado novos modelos de celular, computador, câmeras digitais, esses produtos vêm sempre com preços exorbitantes, mas, um mês depois, o valor já caiu pela metade e ele se tornou ultrapassado. Essa evolução constante desses meios nos faz querer sempre comprá-los, ter o mais moderno possível, do mais novo modelo no mercado, mesmo que só mude uma peça minúscula lá dentro. Porém, os nossos salários não acompanham essa evolução, muito pelo contrário, diante dessas tecnologias eles parecem diminuir. Agora, uma pergunta; lutamos contra isso, contra todas as propagandas anunciando essas inovações, contra os preços e nossos salários baixos? Muitos pelo contrário, fazemos o que os produtores querem; compramos.

Vivemos em grupos, fazemos coisas que todos fazem, isso tudo porque preferimos sermos iguais, seguir a todos e pensar igualmente, a discordar, lutar contra e ser chamado de louco ou idealista. É muito mais fácil para todos, tanto para nós, que não temos o trabalho de pensar, questionar e lutar, quanto para a “elite pensante”, que nos manipula e vigia. Pois, a partir do momento que uma pessoa aceita a ideia dos outros como a sua, apenas absorve uma informação que chega sem procurar saber todos os detalhes ou se é verídica, fica muito mais fácil, dessa forma, entupi-la de produtos inúteis e, assim, ganhar dinheiro.

Outro ponto ao qual quero voltar é o pensamento já formado, a dita certeza. Quando você acredita piamente em algo e acha que sabe de tudo, essa convicção o leva a não questionar, a apenas absorver os conceitos que lhe impõem, pois aquilo é a verdade! Já, quando uma pessoa se questiona sobre tudo, não aceita tudo que lhe dizem como verdade, ela está mais propensa a realmente encontrar a “verdadeira” verdade, e, assim, não ser manipulado por um governo e uma mídia de alienados.

Eu prefiro ser uma metamorfose ambulante, e você, quer ter sempre uma opinião formada sobre tudo?

17 comentários:

Paco D. Lee disse...

Pois é, nós temos programas com a qualidade que o merecemos. Se a maioria da nossa população tem pouca instrução e prefere ver fofocas e sensacionalismo, é isso que receberemos.

Tudo passa de uma questão de investimento em educação. /Cristovão

Mas enfim, falando mal da sua profissão, Barby? XD

Bárbara disse...

Ah, só não posso esconder os fatos, né? XD

Thyago disse...

petrobrás: ruim com ela, sem condições sem ela, infelizmente.

e eu mesmo jah tenho consciência que não farão nada pelo ambiente enquanto não estourar uma crise mundial de alimentos e de água... como a tanto tempo já avisam.

a população é manipulada pq já se conformou em ser manipulada. a elite foi tão inteligente que deixou claro que dá um trabalho da porra ir contra ela

Gusta disse...

Essas idéias são tão negativistas... dá até desânimo de ler. =/

Mas eu não acho que somos obrigados a seguir tudo que a elite quer. Não somos obrigados a assistir TV, a comprar produtos, não somos obrigados a nada. E também acho bobagem deixar de fazer essas coisas só pra ir "contra a elite".

Aliás, criticar a Petrobrás é até injusto... Eu não acho que os comerciais que passam na TV servem pra mostrar que a empresa está fazendo "trabalho social", mas que ela gera lucros e progresso ao país, que isso pode aumentar a qualidade de vida de muitas pessoas, gerando empregos e etc.

Bom, é só minha opinião, desculpem-me se ofendi alguém. ><

Bárbara disse...

E se eu te disser que sou fã da Petrobras, Gusta? XD Só citei um exemplo mesmo, do que realmente acontece. A empresa gera sim progresso pro país, mas, a meu ver, os comerciais são sim pra mostrar algum trabalho social que, de certa forma, é um paliativo para a poluição que ela gera.

Gusta disse...

Legal você ser fã. XD

Bom, mas acho que, se de alguma forma esse lucro da Petrobrás fosse usado para preservar o meio ambiente, eles já teriam algum crédito! Os meios de fazer isso ficam a critério.

Ou então eles poderiam fazer um comercial mostrando o progresso que gera o petróleo, que nem nas propagandas de combustível. o/

Mobius Sky Ace disse...

Olá Bárbara,

Não posso dizer que discordo de todo seu texto...
Mas queria comentar sobre seu primeiro exemplo.

Sim, ela realmente não é completamente brasileira; 51% pertence ao governo e o restante a empresários e acionistas, alguns sendo gringos...
Em contrapartida, posso dizer que testemunho a grande responsabilidade social que esta empresa tem para com o país.
Foi interessante o Gusta ter comentado sobre a preocupação da empresa com o meio-ambiente. Se você acessar o site, verá o que ela tem feito também pelo mesmo.

Infelizmente, alguns acontecimentos podem ofuscar todo esse esforço de ajudar o país... Sim, nem tudo são rosas. Mas, muitos desses acontecimentos possuem uma história 'sombria' por trás (não vou citar detalhes por não convir e tb não sair do foco).

Acho que assim como em qualquer lugar, estabelecimento, país, existirá quem queira destruir e quem queira construir... Mas não é por isso que devemos deixar de acreditar em algumas potências, ou mesmo deixar de acreditar que podemos mudar algo, por mínimo que seja.

Realmente, muito do que se diz nos jornais hoje em dia pede desconfiança, e o capitalismo chega ao ponto de dividir grupos por conta de uma marca de celular... Isso é meio trash. XP

Por fim, como resposta à pergunta, penso que esse verso da música é meio 8 ou 80... Não quero ser uma metamorfose ambulante; tenho meus ideais, gostos, vontades... Enfim.
Mas também não vou ter uma opinião formada sobre tudo! Creio que se não nos prendemos a algo, deixamos de ter a identidade que nos faz formar um grupo, e sem um grupo não temos força pra combater toda essa onda de enganação...

E tb peço desculpas se ofendi alguém!

Paco D. Lee disse...

A Petrobrás financia vários projetos sociais, culturais e eventos. É fato. Porém, ela também foi responsável pelos maiores desastres ecológicos do Brasil, e por oooooutro lado também é ela que desenvolve o projeto do Etanol nacional.

Ela é uma empresa de economia mista, tendo como acionista majoritário o governo brasileiro, mas ainda assim sendo de economia mista.

Enfim, não há como definir algo como 'bom' ou 'mal', sei que não foi a intenção da Barby. O que podemos considerar são os aspectos sociais e econômicos. Socialmente ela não é uma maravilha, mas economicamente é fundamental.

Só isso. XD

PS: E ela está passando por um CPI causada pro fraudes tributárias. haha.

Bárbara disse...

É, de forma alguma eu quis definir a empresa como boa ou ruim, só citei um exemplo observando de uma determinada ótica.

Bem, não quis dizer que deixei de acreditar em algo (pelo jeito muita coisa que eu disse ficou parecendo outra, enfim), esse foi justamente um tema de umas aulas de filosofia. Até que ponto somos manipulados pelo capitalismo, governo, pela elite em geral, e até que ponto estamos dispostos a lutar contra essa manipulação.

Sobre a citação do Raul, coloco o que eu disse; "Quando você acredita piamente em algo e acha que sabe de tudo, essa convicção o leva a não questionar, a apenas absorver os conceitos que lhe impõem, pois aquilo é a verdade!", ou seja, é melhor você ter uma mente aberta, aceitar opiniões dos outros, não se achar o dono da verdade, do que tornar-se individualista, uma vez que, como o Mobius Sky Ace disse, sozinho ninguém muda nada.

Mobius Sky Ace disse...

Bom, Paco, o caso do maior desastre ecológico fez parte de jogada política, a qual eu disse não citar detalhes porque acho que vai ficar uma miscelância de assuntos...

Quanto ela não ser uma maravilha socialmente, eu gostaria de saber qual a empresa (não estou citando ong e afins, estou citando empresa) que faça mais do que a Petrobras pelo nosso país.
E isso de CPI por causa tributárias foi o que comentei de que em qualquer estabelecimento há quem queira tirar um proveito, pois ela é feita de pessoas, ela não é uma entidade divina que consegue agir perfeitamente...

Essa situação da cpi é um exemplo da discussão política, que acaba manipulando a mídia... É muito difícil de ouvir, por exemplo, as pessoas comentando sobre o biocombustível, diesel feito a partir de mamonas, o icentivo cultural maciço da empresa com o país...

E Bárbara, como eu disse no outro comentário, não foi meu objetivo 'bater de frente' com o que você disse. O objetivo foi responder a pergunta do seu primeiro exemplo; "Ela é mesmo?" e acrescentar outros tópicos que se juntam a esse assunto.
Quando leio textos onde as pessoas vêm esculhambando a torto e a direito o assunto, vejo-me sem espaço para manifestação. E foi exatamente por isso que comentei aqui, porque senti tal liberdade, porque vi espaço para comentar sobre isso.
Creio que estamos na mesma linha de pensamento, assim como penso que existem muitos com vontade de mudar essa situação toda. E há uma certeza que acho que precisamos ter; a certeza de que podemos mudar essa situação um dia.

Jaderson disse...

cada um sabe o quanto de preguiça e desinformação existe em cada idéia, atitude, pensamento... pessoal. Na verdade não sabem, mas deveriam.

Petrobras e tudo relacionado a petróleo atualmente acho desnecessário. Só existem pelo poder que essas empresas detém, estrutura do capitalismo favorecer própria perpetuação..... Mas já que esse é o mundo, melhor com Petrobras que com ela privatizada e nosso pais ainda produzindo ou consumindo petróleo e produtos dependentes dele, ou inexistente se =100%importação de petroleo...

Bárbara disse...

Eu eu não achei que você quis ofender, Mobius, só estou mesmo dando minha opinião na discussão, afinal, esses posts dominicais servem pra isso. =]

Bem, só uma coisa sobre o biocombustível feito a partir da mamona. Aqui no nordeste, principalmente no interior, foi muito divulgado que a mamona seria utilizada para produzir o etanol, o combustível do futuro e tal. Muitos pequenos produtores acabaram com suas lavouras para produzirem mamona, achando que teriam algum lucro. Bem, resultou que eles não tiveram o resultado esperado, uma vez que essa produção da mamona é comprada, se não me engano de grandes lavouras, que são terceirizadas para isso.

Paco D. Lee disse...

A Petrobrás é uma empresa estatal, que explora um recurso de propriedade do povo brasileiro - nada mais natural do que dar um retorno disto para de quem lhe é de direito. E eu citei alguns exemplos dessa atuação.

Aliás, acho que me expressei mal no comentário, quis dizer "ambientalmente". Não sei de onde tirei aquele socialmente. XD

videnciole disse...

Você, Bárbara, está tão alienada quanto qualquer massa.

Acredite ou não, nem tudo que você disse é verdade, nem tudo que você disse é mentira.

Há muita manipulação, mas não é como se a massa fosse sempre a inocente última a saber de tudo.

Todos estão presos no mesmo processo, pois quase todos os poucos da massa que se tornam elite mantém o processo, e toda elite que vira massa, o combate.

Os dois lados somente servem para a manutenção do sistema, pois uma revolução onde caia a elite apenas vai deixar espaço para aqueles da massa ambiciosos pelo poder por poder.

Aqueles que realmente poderiam mudar as cosias, estes não participam de revoluções. Eles são os equilibrados, que procuram harmonizar. Revoluções como as que até hoje já ocorreram não tem para eles lugar.

cinefilapornatureza disse...

Que texto excelente, Bárbara. Eu não diria que eu procuro ser uma metamorfose ambulante, até porque acho que ser assim tem seu lado chato; mas procuro me informar sobre tudo para ter fundamentos em que basear a minha opinião. Gosto de falar sobre o que sei, mesmo assim filtro muito o que acredito, o que ouço, o que vou consumir como informação. Nesse sentido, viva a minha liberdade de escolha!

Paco D. Lee disse...

É impossível não seguir algum tipo de "alienação", somos seres sociais e de uma forma ou de outra as atitudes do grupo irão influir em nossas decisões/opiniões.

E isso não é ruim, é dessa forma que desenvolvemos raciocínio, experiência e capacidade crítica. Devemos apenas saber filtrar, como disseram.

Jasque disse...

Vale ressaltar q essa parte sobre manipulação não é bem como as pessoas pensam. tipo, de o cara vai la "hahahaha eu sou mal, vou enganar as pessoas!"

A teoria de que a pessoa simplesmente recebe a informação passivamente já não é mais aceita hoje em dia. Por exemplo... a pessoa ve novela mas discute com alguém sobre como determinado assunto é tratado nela, formando também opiniões.

E sobre o sensacionalismo, da fofoca, não é algo tão simples como "ah é porque somos pobres e burros e so compramos revista de fofoca". Ora, a caras custa 10 reais. E mais, a Lady Di era perseguida pelos paparazzi e os ingleses compravam as revistas, tablóides, etc. E de fato eles são bem mais instruídos e ricos que nós, mas também tem esse interesse.

É toda uma sociedade do consumo. Nós podemos escolher? Sim, podemos. Mas as opções são limitadas, esse é o problema. Daí são geradas tendências e as pessoas acabam sendo igual umas as outras, para não se sentirem excluídas.

Sabe qual o consumidor perfeito? É aquele que nunca se satisfaz, que compra um produto já torcendo pra ele parar de "funcionar"/estragar para comprar um novinho.

Insatisfeito eternamente? Engraçado né, porque o que o que a gente sempre procura na vida é "ganhar na vida", se estabilizar.

Acho que é isso, o resto já foi dito por vcs :3