domingo, setembro 13, 2009

.Hack//SIGN


Um anime polêmico e controverso! Ou você adora .hack//sign de paixão ou odeia .hack//sign do fundo de sua alma. Mas por que isso? Descubra nessa viagem por esse anime que se passa no mmorpg The World!



Ficha técnica
Número de episódios: 26+3 OVAS
Direção: Kôichi Mashimo
Estúdio: Bee Train
Exibição original: 3 de abril de 2002 – 25 de setembro de 2002
Emissoras de TV: Animax, TV Tokyo, YTV, Cartoon Network


Goste você ou não de .hack//SIGN uma coisa é quase unânime: a sua premissa é MUITO criativa e original. A história gira em torno do jovem Tsukasa é um mago em um mmorpg(rpg on line). Uma série de mistérios envolvem esse personagem: ele não consegue deslogar, ele consegue "sentir" as coisas(frio, dor, calor) mesmo sendo um jogo, ele possui um guardião invencível, e está envolvido com um personagem que inexplicavelmente tem a aparência de um gato, a chave do crepúsculo-ítem lendário que dá a usuário poder para qualquer coisa no jogo, entre vários outros fatos estranhos.

É um personagem sem dúvida bem profundo. Ele conhece Mimiru e outros jogadores que tentam ajudar a resolver seu principal problema, o de não conseguir deslogar. Tsukasa ainda pretende ajudar Aura, uma misteriosa garota no jogo que ele quer ajudar a despertar.

Com esses mistérios todos a história vai fluindo, até chegar a um final, decepcionante, para a maioria- apesar de pelo menos termos algumas respostas.





Bom, furos em aberto é algo comum e tolerável para quem assiste anime. A maior crítica das pessoas com o anime é a falta de ação, quase zero. Em .hack//sign, mesmo que se trate da história de um jogo, espere tudo menos pancadaria. Se resume a diálogos, diálogos e mais diálogos.

Dizem muitas vezes que um mmorpg não é assim... Mas não sei, já vi em muitos mmorpgs pessoas que entram e ficam horas e horas mais conversando do que agindo. Em ragnarok por exemplo que tem até aquelas festinhas de casamento e feiras do rolo(ou qual mmorpg não as tem?XDDD).

Enquanto para uns esse fato o torna cansativo e chato, para outros(como eu) é interessante os diálogos, pois é algo bem diferente. Quem gosta de animes como evangelion, lain ou paranoia agent talvez goste desse, pois é psicologia pura(quase uma terapia aliás rs).

Mas também há outras coisas interessantes nesse anime. Além de mostrar os personagens no jogo, vemos um pouco das pessoas por trás desses personagens. A realidade é mostrada de uma maneira meio como o filme "noiva cadáver", com cores mortas e sem vida(o que foi uma boa escolha, pois no "mundo real" as pessoas estão entrando em coma por causa do jogo, algo bem sombrio).

Além disso a OST(trilha sonora) é PERFEITA. Não seria exagero considerá-la a melhor trilha sonora de todos os animes. Vale a pena para a coleção. E combinando com a trilha temos paisagens muito belas, coisa que infelizmente não vemos na maioria dos mmorpgs...





Mas como nem tudo são flores, vamos explorar outro ponto crucial: os personagens. A maioria deles é ok, apesar de não conhecermos muito a respeito deles. O problema, como na maioria das vezes, é o personagem principal.




Tsukasa é como o Shinji de Evangelion, totalmente melancólico(apesar de ele ter uma razão especial para ser assim- emo não, por favor ne ><). Apesar disso ele ainda tem um pouco de originalidade em sua personalidade, pois ao contrário do Shinji, garoto educado, o Tsukasa é mais mal caráter. Não a ponto de causar brigas e discussões, mas ele despreza e ignora os outros constantemente, com exceção de Subaru, o amor de sua vida. Ele também nunca destratou o Sora, talvez por ele preferir enxer o saco das garotas.





Entre os outros personagens temos Mimiru, uma guerreira teimosa e feliz. Bear, um guerreiro pintado(me lembrou Coração Valente na hora), mas na vida real um ouji-san(senhor de idade). Subaru, a introvertida líder de um grupo que cuida das irregularidades no jogo, os cavaleiros escarlates(entre eles o fiel Kinkan). Kurin é um ex-cavaleiro escarlate, e tem uma quedinha também por Subaru. BT, uma maga fraca que não gosta de alface. Sora, um PK(Player Killer) que fala cantando e coleciona ID's de avatares(personagens do jogo) garotinhas. Entre outros secundários, como Helba, a hacker e Maha, o gato.

Para não dizer que falei errado os nomes das classes(e falei bem errado mesmo, como guerreiro ou mago ><), eis as classes do jogo presentes no anime: Twin Blade(Sora), Heavy Blade(Mimiru), Blademaster(Bear), Wavemaster(Tsukasa e BT), Heavy Axeman(Subaru), e Long Arm(Kurin).




Acho muito complicado recomendar esse anime para alguém. Talvez perguntando antes os gostos de anime da pessoa e avisando que o final não é dos melhores. Com certeza ouvindo isso a pessoa já desanimará a ver o anime. Mas quem sabe um dia a pessoa não fique curiosa em saber por que falam tanto desse anime?

Eu mesmo assisti porque fiquei curioso depois que um amigo meu descreveu como o anime era ruim ><. Você vai ouvir/já ouviu muito também comentários do tipo "Ah vei, esse anime é de um joguinho que as pessoas não fazem nada, só ficam matando monstrinho é sem pé nem cabeça e e... passe longe!".

Digamos que é um anime para otaku, por isso que fez mais sucesso lá no Japão. Se você gosta de mmorpgs acho que pode dar uma chance também. Afinal, nunca ouvi sobre algum anime de mmorpg que tenha agradado a alguém. .hack//SIGN me agradou. Então, nem sempre é bom ir pela opinião dos outros.

Acho que falei o suficiente, e até bati demais na tecla da polêmica. Então, ficamos por aqui. E prometo que no próximo post farei algo diferente de uma review de anime(tenho a impressão que já prometi isso antes ><).

Até a próxima.

7 comentários:

cinefilapornatureza disse...

Não sou a maior fã de animes, infelizmente!

All_182 disse...

eu ADOREI Hack, quando assiti. mas o meu preferido é o .Hack//Liminality. são 4 episodeos, mas é o meu preferido *-*

B-prime disse...

eu tentei assistir .hack//Roots (porque gostei do jogo .hack//GU) mas desisti, é chato, prefiro o jogo mesmo (mas só joguei o primeiro e parte do segundo)!!!

Leandro disse...

Eu gosto muito da Serie (dot)Hack. Devo ser louco, pois todas as pessoas que eu indiquei ele, odiaram kkkkk

Jasque disse...

fiquei curioso com o jogo tb, pena q eu ainda n tenho videogame xDDD

e o liminality tem uma premissa boa tb, eh aquele q se passa no mundo real ne?

pelo que dizem o dusk eh mais infantil

mas receio confiar demais no que os outros dizem ><

Ainda irei acomapanhar...

e Lee vlw por consertar o treco, esse negocio de postagem completa mudou de repente ne ><

Jaderson disse...

São varios .Hack em anime, o SIGN é apenas 1 deles. Precisa conhecer a historia dos jogos para entender completamente o anime, tambem. Por isso quem joga os jogos e assiste os animes é quem mais gosta dessa franquia de games/animes.

Rei Kon disse...

Oi, já vi .Hack//SIGN e gostei bastante, vou tentar ver mais partes da série.

Gostaria de fazer duas pequenas correções no post, no nome de dois personagens.
Quando eu vi o anime, na legenda os nomes também estavam errados, desconfiei que estivessem, mas só fui confirmar depois de acabar de ver o anime.
Pesquisei em vários sites para ter certeza antes de falar isso:

O correto não é "Kinkan", mas sim Ginkan (銀漢), Ginkan significa algo como “Homem prateado”. Gin = Prata e Kin = Ouro, se fosse “Kinkan” seria “Homem dourado” ou o nome de uma laranja comum na China.

E não é "Kurin", mas sim Crim (クリム, Kurimu), provavelmente vem da palavra "Crimson" (algo como “Vermelho forte”).