quinta-feira, dezembro 10, 2009

Como foi a Década de 00 - Sociedade

image

Todo início de década é meio traumático. Divisões do tempo são assim, no geral – nos fazem pensar no que foi feito, no que será feito e também tomar uns porres para comemorar as "viradas". Só que a virada do ano 1999 para o ano 2000 foi particularmente tensa. Por menor sentido que faça ter medo de uma mudança que irá resultar em um ano com três zeros, em um calendário feito por nós, humanos… Nós tivemos medo. Religiosos ficaram ansiosos, profetas surgiram, o papa pediu calma ao povo e no fim não aconteceu nada.

Exceto pelo bug do milênio, essa sim uma ameaça real que assustou muita gente crescida. Computadores que trabalhavam apenas com o 1 9 _ _ como formato de data poderiam interpretar a chegada do ano 2000 como a volta para 1900. Gerando diversas incompatibilidades, como pelo fato de 1° de Janeiro de 1900 ter sido uma segunda-feira, enquanto a mesma data em 2000 caiu em um sábado. Novamente, no fim, quase nada ocorreu.

image

Seguimos nossas vidas com anos que começavam com 2, aguentando os trocadilhos do Galvão Bueno dizendo que esse ou aquele é o primeiro jogo do milênio até que tivemos uma senhora surpresa num 11 de Setembro. Os Estados Unidos, mais poderosos do que nunca, se viram frágeis diante do terrorismo que destruiu um dos seus ícones, as torres gêmeas. Um reflexo da ordem mundial pós-guerra fria, onde nenhuma nação ameaça a supremacia americana, dando espaço para guerrilhas e o terrorismo. O contra-ataque se deu pelas guerras no Iraque e Afeganistão, que culminarão na deposição do Talibã e execução de Saddam Hussein.

image

Bolsas entraram em queda, Londres e Madri também foram vítimas do terrorismo, empresas aéreas entraram em crise e a desconfiança tomou conta do mundo. Na América Latina era hora de líderes social-democratas chegarem à presidência: o caso de Hugo Cháves (Venezuela, 1999), Lula (Brasil, 2002), Evo Morales (Bolívia, 2006), Michelle Bachelet (Chile, 2006), Tabaré Vazquez (Uruguai, 2005) e José Mujica (Uruguai, 2010). O Brasil viveu tempos áureos na vanguarda dessa nova América Latina, com economia estável e até mesmo intervenções em outros países, como o Haiti. Mas como nem tudo são flores, 2005 foi abalado pela corrupção do Mensalão - que pôs em cheque a confiança do governo Lula.

image

Já a Europa enfrentou uma união singular. A União Européia criada em 1993 viu o seu número de participantes se expandir consideravelmente nesta década, além da criação do Euro, em 2002 – moeda que logo passou a ser uma das mais fortes do mundo. Mundo esse que viu a ascensão dos BRICs (Brasil, Rússia, Índia e China), países emergentes com notável crescimento anual. A economia global desfrutava de uma época de prosperidade ímpar. Até 2008, quando foi deflagrada uma crise econômica em razão da especulação imobiliária norte-americana – crise essa que só encontrava precedentes na quebra da bolsa de New York em 1929 e foi combatida por Barack Obama, primeiro presidente negro da história norte-americana, que veio para substituir o impopular George W. Bush.

A situação não esquentou apenas na economia, a década de 00 foi a mais quente dos últimos 160 anos, além de ter sido o momento em que o mundo passou a ver a questão climática com a urgência que era necessária. Um dos marcos dessa conscientização foi o filme Uma Verdade Inconveniente (An inconveniente truth, 2006), por Al Gore. Após o fracasso do Protocolo de Kyoto, líderes mundiais se reúnem em Copenhague/2009 para discutir metas definitivas de emissão de gases poluentes.

image

Se o número de ambientalistas aumentou significativamente nesta década, o que poderá trazer benefícios incomensuráveis à humanidade, outras modas que pegaram não são exatamente tão benéficas. Foram nesses 10 anos que estourou a moda dos emos, que influenciados pelos punks e góticos tomaram as ruas da cidade e o teto do Pátio Brasil. Logo em seguida os indies ressurgiram das cinzas, um pouco mais cults, trazendo calças coladas, cabelos compridos, cigarretes, filmes iranianos e mais de listras para nossa vida.

Você sabe que viveu na Sociedade dos Anos 00 se:

  • Ficou com um pé atrás quanto à possibilidade do mundo acabar em 01 de Janeiro de 2000;
  • Lembra o que estava fazendo no dia 11 de Setembro de 2001, pela manhã (eu tinha matado aula para assistir Sakura Card Captors, quando a programação foi interrompida);
  • Também ficou com medo quando o ex-sindicalista Lula assumiu o poder, em 2003;
  • Viu memes na internet sobre a busca a Bin Laden em todos buracos do Afeganistão;
  • Viu o vídeo de uma câmera de celular mostrando a execução de Saddan Hussein;
  • Viu a morte de João Paulo II e a escolha do próximo papa, torcendo para o cardeal brasileiro Cláudio Hummes;
  • Sentiu mais calor e resolveu apagar a luz do quarto quando não estiver nele;
  • Acompanhou a crise econômica global, mas só sentiu uma marolinha;
  • Fez uma franja coletânea com The Strokes, Arctic Monkey, King of Leon, Franz Ferdinand, etc; e
  • Não abriu correspondências com medo de ter Antrax e usou uma máscara simpática para evitar a Gripe Suína.

4 comentários:

Bárbara disse...

É, acho que eu realmente faço parte dessa época. XD

Esses dias, na aula de Teorias do Jornalismo, meu professor estava comentando justamente isso, sobre onde cada um de nós estava quando aconteceu os ataques às Torres Gêmeas, e todo mundo lembrava.

Bem, eu estava na escola, soube quando cheguei pra assistir TV.

Gusta disse...

Lembra o que estava fazendo no dia 11 de Setembro de 2001, pela manhã (eu tinha matado aula para assistir Sakura Card Captors, quando a programação foi interrompida);

Puxa, belo motivo para matar aula.

Eu lembro que, nesse dia, eu estava na escola... e só fui saber do ocorrido quando voltei pra casa e minha mãe me contou.

denn2ya disse...

Nossa, eu realmente lembro. >XD
Eu estava em casa assistindo tv esperando pela tv globinho, mas lembro que a programação ficou toda na Ana Maria Braga e acabou não tendo nada, fiquei muito puto. >XD

Blazer disse...

eu tb tava assistindo sakura card captors, fikei irritado de terem interrompido sakura só pelas torres gêmeas(lembrando, eu tinha 6 anos)